/ Usando o Google Analytics

10 Métricas de Analytics mais usadas por Agências

Esse artigo apresentará as 10 métricas do Google Analytics mais utilizadas por agências e mostrará porque são consideras importantes para o seu negócio. Ao terminar essa leitura, você estará pronto para avaliar da melhor maneira o seu website.

Sem enrolação, veja agora quais são essas métricas:

#1 Usuários

Nada mais é do que o número de pessoas que acessou o site ou determinada página. E porque as agências querem saber dos usuários da página?

Com essa métrica é possível identificar por quem o seu website está sendo acessado, se novas pessoas estão interessadas no seu negócio ou até mesmo se alguma ação ou conteúdo causou aumento no tráfego.

E como o Google identifica os usuários?

É bem simples. Toda vez que um novo visitante acessa o site, o Google cria para esse usuário um ID único ou ID de cliente, que funciona como se fosse uma identidade, e esse ID armazena um cookie no navegador para identificar sempre que esse usuário acessar a página. E através desse ID o GA obtém esses dados.

É importante ressaltar que caso o usuário utilize outro navegador para acessar o mesmo site, o GA irá identifica-lo como outro usuário.

E não confunda usuários com sessões, pois um usuário pode realizar várias sessões em um site. Mas fique tranquilo, falaremos sobre isso no item abaixo.

#2 Sessões

Sessões é o número de vezes que alguém visita o site. A sessão começa quando o visitante entra na página e termina 30 minutos depois desse primeiro acesso.

Durante o tempo em que o usuário está na página, todo clique, exibição de página ou vídeo assistido, por exemplo, compõe a sessão. Até mesmo se esse visitante sair da página e retornar em até 30 minutos depois o GA conta como a mesma sessão.

Mas caso esse mesmo visitante saia da página e retorne depois de 30 minutos do primeiro acesso, o GA irá identifica-lo como outra sessão. Por isso falamos a pouco que um usuário pode realizar várias sessões.

#3 Bounce Rate

Ou Taxa de Rejeição é quando o usuário acessa a página e não realiza qualquer outra ação dentro do website.

Para identificar a taxa de rejeição da página o GA divide o número de usuários que entram na página e não interagem, pelo número total de sessões. Esse valor é identificado a partir da não existência de engajamento com a página ou quando a duração da sessão é de 0 segundos.

E o que as agências encontram nessa métrica?

Uma alta taxa de rejeição mostra que os usuários que estão acessando a página, não estão encontrando aquilo que estavam procurando ou aquilo que lhes foi dito está ali.

#4 Duração Média da Sessão

Significa o tempo médio em que o visitante permanece no site.

Para encontrar esse dado, o GA divide em segundos o tempo de duração total de todas as sessões pelo número total de sessões.

E qual a importância de acompanhar esse métrica?

Com ela você pode qualificar a eficiência do site, pois quanto mais tempo um usuário permanece na página significa que o seu conteúdo e sua campanha estão adequados para o público que está procurando atingir.

#5 Novas Sessões

Se um usuário não tem um ID associado ao site ele será identificado como Nova Sessão quando ele realizar o seu primeiro acesso a página.

A métrica é calculada a partir da porcentagem total de sessões realizadas pela primeira vez no site em um determinado período.

Esse valor representa a quantidade de pessoas novas que estão acessando a sua página. E novos acessos significa novos clientes.

#6 Sessões por Canal

O Google Analytics separa automaticamente as sessões por canais, dentre esses canais estão:

Pago
Referência
Direto
Redes Sociais
Orgânico

Esse indicador mostra o número de sessões que cada canal gerou. Identificando o número de sessões vindas de cada canal, você consegue entender qual deles gera mais audiência e pode entender qual tem o melhor desempenho para o seu negócio.

#7 Páginas/Sessões

Número médio de páginas visitadas durante uma sessão. Ou seja, quantas páginas do site foram acessadas pelo usuário durante uma sessão.

Para calcular essa métrica, o GA divide o total de visualização da página pelo número total de sessões.

Essa métrica é importante para analisar o engajamento do usuário com o site. Um usuário que visualiza várias páginas em uma única sessão, mostra que seu conteúdo ou página está agradando-o.

#8 Conclusões de Meta

Assim como toda campanha tem um objetivo e meta, um site também tem sua estratégia e um número que se deseja alcançar. A conclusão de meta é o número de vezes que um visitante concluiu a meta que a empresa determinou para o site, seja compras, leads, teste grátis, etc.

#9 Taxa de Conversão de Meta

Esse dado trará informações sobre a quantidade de visitantes do site que realizaram a conversão. Essa conversão varia de acordo com a meta e estratégia de cada negócio. Pode ser considerado como conversão uma compra, lead, download, etc.

Essa, é uma porcentagem calculada através do número de vezes que a conversão no site foi realizada dividido pelo número de visitantes do site.

A importância de analisar esse dado está diretamente relacionada aos objetivos e meta do negócio, que pode Informar se seu website está conseguindo levar os usuários até o objetivo do site.

#10 Pageview

Ou Exibição de Página, é o número total de vezes que uma página foi vista.

O GA conta como exibição qualquer atividade na página, por exemplo, se o usuário atualizar a página ou até mesmo sair e voltar da página, o GA contará como nova exibição.

Essa métrica permite identificar se os novos visitantes e recorrentes continuam acessando o conteúdo do seu site.

Hoje em dia tudo pode ser identificado, inclusive o comportamento das pessoas na internet. Se você tem um site, você consegue facilmente entender o seu público através dessas métricas que acabamos de apresentar.

Analisar o trajeto, identificar se os visitantes gostam do que encontram no site, de onde eles estão vindo, o tempo que permanecem na página, etc., pode ajudar você a criar uma estratégia para captar novos visitantes e novos possíveis clientes.

Além disso, o GA permite analisar o desempenho e efetividade do site e com isso você consegue atingir de várias maneiras o público-alvo, garantir a fidelidade com a marca e ainda criar um relacionamento através de conteúdos.

Agora que você já sabe o que precisa para acompanhar, visualizar e obter insights do seu site, veja como taguear suas campanhas e como construir um plano de marketing orientado a dados.

10 Métricas de Analytics mais usadas por Agências
Share this

Assine nossa newsletter