/ Marketing Digital

Google Ads vs Facebook Ads

As possibilidades com os anúncios online são quase ilimitadas. Elas permitem que as empresas aumentem seu conhecimento de marca, desenvolvam estratégias personalizadas segmentando usuários, gerem novos leads e, consequentemente, mais vendas.

Por conta disso, o investimento tem sido cada vez maior para marketing digital. De acordo com uma pesquisa realizada pelo IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau), em parceria com a comScore apontou que até 2021 o investimento de marketing digital terá um aumento de 12% ao ano.

O controle e flexibilidade maior também é uma grande vantagem, pois permite que as empresas façam alterações de acordo com o que performa melhor.

O Google e o Facebook são as maiores plataformas de anúncio da internet. Com mais de 63.000 buscas no Google por segundo e mais de 2,5 bilhões de usuários mensais no Facebook. As duas são mundialmente reconhecidas como algumas das mais sofisticadas plataformas de publicidade.

Mas, na hora de fazer anúncios online sempre nos deparamos com um enigma imenso. Anuncio no Google Ads ou no Facebook Ads?

Facebook Ads x Google Ads

Foram escolhidas as principais características de pontos em comum e divergentes e criada uma pontuação para deixar evidente as vantagens e a eficácia das plataformas.

F x G

#Diferentes formatos e canais

O Facebook conta com 4 formatos principais:

Anúncios no Feed de notícias: Aparece entre as postagens na linha do tempo do usuário.

Story Ads: Vídeos e imagens patrocinados que aparecem entre os stories que o usuário acompanha.

Marketplace: no mercado do Facebook enquanto o usuário busca por produtos anunciados ali.

Messenger: Anúncios que aparecem na plataforma do messenger entre as mensagens do usuário.

Já o Google oferece 5 principais formatos:

Anúncio de pesquisa: anúncios de texto que aparecem na parte superior e inferior da página de resultados do Google.

Anúncio de exibição: anúncios em forma de banner que aparecem em mais de 2 milhões de websites.

Anúncios no Youtube: vídeos que aparecem antes do conteúdo escolhido pelo usuário e que podem ser pulados após 5 segundos.

Anúncios no Shopping: ideal para e-commerces, os anúncios são exibidos no Google ao pesquisar algum produto.

Campanha no Gmail: anúncios na caixa de entrada do Gmail.

Por ter mais diversificação de formatos e canais, o Google ganha nosso primeiro ponto.

0 F x 1 G

#Preço

Analisando a média de preços internacional, no Google, seus anúncios podem custar entre US $ 0,50 por clique e US $ 25,00 por clique, dependendo da palavra-chave, do público-alvo e da segmentação.

Os anúncios do Facebook custam entre US $ 0,10 e US $ 2,00 por clique.

Então, em uma campanha você gastaria menos no Facebook. Ponto pro Mark.

1 F x 1 G

#Potencial de Conversão

Os usuários do Google estão geralmente buscando por o que seu anúncio irá oferecer (se estiver bem segmentado), portanto a taxa de conversão tende a ser maior do que a de outras plataformas.

no Facebook, os usuários estão lá em busca de conteúdo, memes, interação com amigos e familiares, e não anúncios. Portanto, a taxa de conversão tende a ser menor e torna-se necessário mais criatividade para que ele seja visto e lembrado.

Então, ponto para o Google.

1 F x 2 G

#Segmentação do público

O Facebook tem opções muito completas de segmentação. Ele permite que você selecione a localização, cargo, status de relacionamento, interesse, status da família, eventos, entre muitos outros. Além de permitir segmentar com base no seu objetivo, o que é uma vantagem imensa para agências e pequenas empresas.

O Google permite segmentar por idade, sexo, dados demográficos, dispositivo, palavra-chave entre outros.

Portanto, pela vantagem da segmentação com base no objetivo, ponto para o Facebook.

2 F x 2 G

Conclusão

A verdade é que para determinar qual usar você precisa ter bem claro qual seu objetivo.

Se você quer mais vendas ou geração de leads: o Google talvez seja a melhor opção.

Caso você queira aumentar o conhecimento de marca e interagir com seus clientes: o Facebook pode ser a melhor escolha.

Em um planejamento dos sonhos, os dois usados em conjunto seria o ideal para um resultado mais eficaz. Pois ambos geram mais tráfego e aumentam o conhecimento de marca.

Acompanhe o resultado das suas campanhas tanto do Google quanto do Facebook utilizando os dashboards da Keep.i, assim você poderá saber qual está oferecendo os melhores resultados e redirecionar o investimento com uma prontidão que apenas resultados em tempo real podem trazer.

Google Ads vs Facebook Ads
Share this

Assine nossa newsletter